TRIPLA HOMENAGEM A QUEM FAZ MAIS POR JABOATÃO

por Pedro Tinoco publicado 13/12/2017 20h25, última modificação 14/12/2017 19h02
Um é pouco, dois é bom e três é melhor ainda. O ditado popular foi um pouco modificado para se adaptara à série de homenagens que a Câmara de Vereadores de Jaboatão dos Guararapes promoveu na manhã de hoje (13), quando ocorreu a entrega tripla da medalha Vidal de Negreiros ao médico Eduardo Luiz Lyra de Aguiar, ao Colégio Multivisão e à banda infantil Barca Maluka. A comenda é o reconhecimento da Casa aos relevantes serviços prestados pelos homenageados em suas respectivas áreas de atuação. Os autores das propostas foram os vereadores Vilmar da Mudança (Eduardo Lyra) e Márcio do Curado (Colégio Multivisão e Banda Barca Maluka).

O doutor Eduardo Lyra iniciou sua carreira em Jaboatão, tendo atuado em unidades de saúde como os hospitais Materno Infantil de Cavaleiro e Geral de Jaboatão, além da Maternidade Maria Rita Barradas, entre outros.  “Hoje atuo no Programa de Saúde da Família de Jaboatão, onde tenho aprendido muito com o contato direto com a realidade diversa da nossa população”, afirmou. Ele lembrou uma frase da poetisa Cora Coralina para encerrar seus agradecimentos: “Nada do que vivemos tem sentido se não tocamos o coração das pessoas”.

Os 20 anos completados pelo Colégio Multivisão e o reconhecimento pela contribuição que a instituição vem dando à juventude da cidade motivou o vereador Márcio do Curado a oferecer a medalha, que foi recebida pela professora Janaína Paixão, que representou os demais fundadores da escola.

FORMAÇÃO - “Esta comenda tem um significado especial para nós, pois ela vem da Casa do Povo. No início éramos os professores e apenas 13 alunos. Muitos disseram que nosso projeto era loucura. E hoje, 20 anos depois, estamos aqui recebendo esta medalha. Agradeço a todos os nossos alunos e os pais que nos confiaram a missão de contribuir com a formação de seus filhos”, afirmou.

A Banda Barca Maluka roubou a cena quando seus integrantes ingressaram ao plenário trajados com as roupas de seus personagens. O grupo existe desde 2004 e faz um trabalho diferenciado, valorizando a inocência da criança com inovações sobre cantigas de roda e temas inesquecíveis do cancioneiro infantil.

“Somos de Jaboatão e um de nossos orgulhos é cantar o hino de nossa cidade em versão infantil. Hoje a infância está sendo perdida por conta da erotização precoce, da violência e tantos males que acometem nossas crianças. Fazemos um trabalho no sentido inverso, valorizando a nossa cultura e a boa música”, disse a boneca Lukinha, em discurso de agradecimento.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados