VEREADOR PASTOR JOSELITO VOLTA À CÂMARA

por Pedro Tinoco publicado 01/02/2018 19h05, última modificação 01/02/2018 19h05
O vereador Pastor Joselito Nunes - que estava licenciado desde janeiro do ano passado, por haver sido convidado pelo prefeito Anderson Ferreira para ocupar o cargo de secretário municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania – voltou à Casa Vidal de Negreiros hoje (01). Com isso o vereador Cledson de Freitas Ribeiro (Neneca do Piston Filho), substituto do Pastor Joselito, volta à suplência, devendo ser convocado para novas atribuições no Governo Municipal.

Em seu emocionado discurso de despedida o jovem vereador agradeceu a todos os funcionários e vereadores da Câmara pela forma como foi acolhido durante os 13 meses em que desempenhou a função parlamentar. “Foi um grande aprendizado. Mas minha maior satisfação é ter construído dezenas de novos e verdadeiros amigos. Vou trabalhar muito para voltar a esta Casa nas próximas eleições”, disse emocionado.

O discurso foi aparteado pelos vereadores Irmão Fabinho, Carlos Alberto e Marlus Costa, que ressaltaram as qualidades de Neneca Filho como legislador atento aos anseios do povo de Jaboatão, exemplo de dignidade e companheiro fiel. “Com seu jeito simples e franco você reforçou a nossa crença no ser humano. Conviver com você nos fez melhores. Esta Casa já está com saudades. Esperamos que em breve você esteja de volta”, resumiu o presidente da Câmara, Adeíldo da Igreja.

O Pastor Joselito disse que retorna à Câmara feliz, tendo a certeza que foi muito bem substituído por Neneca Filho. “Como secretário fiz muita coisa, mas sabemos que sempre podemos fazer mais. Ao chegar hoje aqui e ver toda repercussão por conta da despedida do nosso amigo Neneca Filho eu fico satisfeito por perceber que o suplente me representou muito bem. Este jovem é um exemplo que precisa ser honrado”, finalizou.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados